Posso parar o meu tratamento da fibrilação atrial?

Fibrilação atrial e qualidade de vida
A fibrilação atrial é uma doença crônica e requer acompanhamento médico.

A fibrilação atrial é uma doença crônica. Isso quer dizer que ela pode não ter cura e vai requerer um tratamento contínuo, recomendado por seu médico, para se estabilizar e evitar novas crises.1 E você quer sempre se sentir bem, não é mesmo?

Quando o tratamento é interrompido sem avaliação médica, os sintomas podem retornar. Mas, mais importante que isso é que, dependendo do caso, podem surgir complicações, como a formação de coágulos que podem causar derrame, ou um enfraquecimento do coração, levando à insuficiência cardíaca (coração fraco).1-4

O tratamento seguido de forma adequada não apenas pode evitar novas crises, mas também possibilita que seu coração possa trabalhar de forma mais eficiente, proporcionando maior qualidade de vida para você.

Referências Bibliográficas:

  1. SOBRAC. – Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas [homepage na internet]. Arritmias cardíacas: 10 informações úteis para seu coração bater no ritmo certo. [Acesso em 01/02/2021] Disponível em: https://sobrac.org/publico-geral/?p=4463
  2. American Heart Association (homepage na internet). Treatment and prevention of atrial fibrillation. [Acesso em: 01/02/2021] Disponível em: https://www.heart.org/en/health-topics/atrial-fibrillation/treatment-and-prevention-of-atrial-fibrillation \
  3. Andrade, LCV. Boas práticas clínicas em cardiologia. Fibrilação Atrial. HCOr. PROADI-SUS e American Heart Association. Disponível em: http://cardiol.br/boaspraticasclinicas/ferramentas/paciente/modelo-bpc/FolhetoFibrilArterial2.pdf
  4. Manual MSD. [homepage na internet] Mitchell, LB. Fibrilação atrial (FA). Setembro 2017. [Acesso em 01/02/2021]. Disponível em: https://www.msdmanuals.com/pt/profissional/doenças-cardiovasculares/arritmias-e-doenças-de-condução/fibrilação-atrial-fa

Material destinado ao público em geral.

Fevereiro/2021

BRZ2169849