Ataque cardíaco (infarto do miocárdio) para iniciantes: um guia de opções de tratamentoe - a:care Abbott

A tecnologia tem ajudado na redução do tempo de recuperação de cirurgias cardíacas

alt

Saúde do Coração

Ataque cardíaco (infarto do miocárdio) para iniciantes: um guia de opções de tratamento.

alt
alt

A expressão "ataque cardíaco" ainda assusta muita gente - e com razão. Mas a tecnologia e novas opções de tratamento diminuíram bastante o tempo de recuperação de quem sofre um evento do tipo, bem como reduziram de forma significativa a taxa de mortalidade por doenças cardiovasculares nas últimas décadas.

De angioplastia até cirurgia de ponte de safena, procedimentos novos, melhorados e atualizados reduziram o tempo gasto no hospital, a necessidade de cirurgias futuras e os custos de assistência médica.

A primeira angiografia coronariana realizada em um humano ocorreu em Zurique, em 1977, e foi resultado de uma série de descobertas relacionadas ao cateterismo cardíaco. Na América Latina, o primeiro procedimento do gênero aconteceu no Brasil, em 1979, e foi bem-sucedido. Em 1982, o percentual de sucesso girava em torno de 60%1. Em 1987, foi realizado o implante do primeiro stent (tubo minúsculo, expansível e em forma de malha) com sucesso na artéria coronária do coração (artéria que irriga o músculo do coração)2.

Entre 1992 e 1994, um estudo sugeriu que o êxito angiográfico já era alcançado em 81% dos casos3, taxa que aumentou para 87% em outro estudo de 1996 e para 92% no ano de 20004. Atualmente, a taxa de sucesso está entre 90% e 95%5. Além disso, o tempo de recuperação diminuiu de 45 dias para cerca de 2 semanas6. Todos esses dados demonstram o quanto os procedimentos evoluíram.

É claro que todas as boas notícias não devem nos afastar da prevenção, que consiste em eliminar diversos fatores de risco que levam a doenças cardiovasculares: má alimentação, sedentarismo, obesidade, tabagismo, álcool em excesso e doenças como o diabetes e a hipertensão7. Mas é bom conhecer os avanços que podem ajudar você ou a quem você ama, caso seja necessário algum tipo de ajuda médica nesse sentido.

Tratando ataques cardíacos

Obviamente, o tratamento para um ataque do coração é um processo complexo, mas essas informações básicas podem ser de boa ajuda.

Etapa 1: Medicação

A principal forma de evitar danos ao coração durante um ataque é restabelecendo o fluxo de sangue rapidamente. Logo que um primeiro ataque cardíaco é detectado e confirmado, seu médico poderá receitar medicação, angioplastia com implante de stent ou cirurgia de revascularização miocárdica (“ponte de safena”) para ajudar a desobstruir as artérias e restaurar o fluxo sanguíneo para o coração. O nível de bloqueio e a extensão dos danos no músculo do coração determinam o tratamento recomendado pelo médico.

Passo 2: Tratamento cirúrgico

Depois de realizar alguns testes e entender sua condição, o médico decide se uma cirurgia é necessária. Dependendo do tamanho da obstrução e do lugar onde aconteceu, ele pode recomendar a angioplastia ou a cirurgia de revascularização miocárdica (CRM), mais conhecida como ponte de safena.

·     A angioplastia coronária5 é comum no tratamento de artérias bloqueadas. O médico avalia a taxa de fluxo sanguíneo e a gravidade dos sintomas para decidir se esse é o procedimento mais adequado. Durante a angioplastia, os médicos inserem um tubo fino (cateter) no interior de uma artéria, geralmente na perna ou na virilha. O cateter é equipado com um balão, inflado para abrir as áreas onde o fluxo sanguíneo para o coração foi reduzido ou impedido. A angioplastia, minimamente invasiva, é às vezes combinada com a inserção de um stent para ajudar a manter a artéria aberta e diminuir a chance de um novo bloqueio. O tempo de recuperação costuma ser curto. Normalmente as pessoas deixam o hospital no dia seguinte à cirurgia e retornam às suas atividades em 2 ou 3 dias.

·     A cirurgia de revascularização miocárdica (CRM)8, ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo do coração e por vezes é usada como uma alternativa de tratamento em pessoas que não podem passar por uma angioplastia. Durante a CRM, uma veia ou artéria saudável do corpo é enxertada à artéria coronária obstruída. O enxerto contorna a seção bloqueada, criando um novo caminho para o sangue fluir até o músculo do coração. Geralmente é possível voltar às atividades depois de 6 semanas.

Essas são apenas as formas mais comuns de tratamento do ataque cardíaco. Existem outros procedimentos, aplicados dependendo da extensão dos danos. Porém, graças às novas tecnologias, a cirurgia cardíaca tem se tornado menos invasiva e menos arriscada. Há milhares de pessoas que tratam alguma condição do coração com êxito e levam uma vida ativa e normal.

Aviso: Esta publicação/editorial/artigo destina-se a fins de educação e não constitui nem implica endosso, patrocínio ou recomendação de quaisquer produtos. Sempre consulte o seu médico antes de começar qualquer dieta, medicação ou exercício.

Referências bibliográficas

1.    Gottschall CAM. 1929-2009: 80 Anos de cateterismo cardíaco - uma história dentro da história. Rev. Bras. Cardiol. Invasiva, 2009; 17 (2): 246-268.

2.    Guérios EE e col. Stents. Uma Revisão da Literatura. Arq Bras Cardiol., 1998; 71 (1):77-87.

3. Cardoso CO, et al. Angioplastia Primária no Infarto Agudo do Miocárdio: Existe Diferença de Resultados entre as Angioplastias Realizadas Dentro e Fora do Horário de Rotina? Rev Bras Cardiol Invasiva. 2010;18(3):273-80.

4. Mattos LA e col. Evolução Temporal com a Utilização da Angioplastia Coronariana Primária no Infarto Agudo do Miocárdio no Brasil. Análise dos Preditores de Sucesso e dos Eventos Adversos Hospitalares em 9.434 Pacientes.  Arq Bras Cardiol, 2002; 79 (4): 405-1.

5. http://www.sobrice.org.br/paciente/procedimentos/angioplastia-e-colocacao-de-stent (acesso em junho 2019).

6. https://socerj.org.br/angioplastia/(acesso em junho 2019)

7. http://prevencao.cardiol.br/fatores-de-risco/ (acesso em junho 2019)

8. http://sociedades.cardiol.br/socerj/publico/dica-safena.asp (acesso em junho 2019)

Material destinado ao público em geral

BRAAV190790a - Julho 2019